o Rei Dollar

China finaliza a implantação de seu secreto plano estratégico

Vim passar uns dias em Guarujá para meu retiro periódico e solitário de uma semana. Hoje acordei bem cedo, antes das seis horas, fiz meus alongamentos habituais e contemplei a praia de Pitangueiras vazia de gente e guarda sóis. Fiz, em seguida, uma meditação profunda e prolongada e só retornei às oito, quando a praia, contemplada da minha varanda, já apresentava muito movimento, o sol ia alto e quente e eu estava cheio de vontade de escrever e partilhar minhas avaliações com os poucos, mas felizmente diferenciados e fieis leitoras e leitores. Enquanto Trump se distrai em tuitar suas ameaças ao jovem Líder Atômico e buscar, sem sucesso, o apoio da China para conter o avanço do programa nuclear na Coreia do Norte, a China está ativamente estruturando e finalizando o secreto Plano Estratégico que publiquei, em três capítulos, em 23 de setembro de 2015, o qual faz hoje seu segundo aniversário. Confesso que o li, novamente, e fiquei surpreendido…

Sistema Financeiro Internacional – Mudanças à vista que impactarão nossa vida

1- Um Mundo Endividado De acordo com o FMI, o mundo está inundado com US$ 152 trilhões de débitos, públicos e privados. Esse número sozinho diz muito e nada, ao mesmo tempo. Então vejamos o que significa, realmente: esse monte de trilhões cobriria nove campos de futebol apenas com notas de $100 dólares empilhadas a uma altura de 33 metros, o equivalente a um prédio de 11 andares. A ideia ficou melhor, agora? Esse débito significava, 225% do produto bruto mundial, em 2015. Trocando em miúdos, significa que para cada dólar de riqueza criada, com produção de bens e serviços, se faz necessário $2,25 de novos empréstimos. Como referência, quando a União Europeia foi criada ficou estabelecido um acordo entre os países membros de que cada país não poderia exceder 60% na relação débito/GDP. (GDP é o equivalente ao nosso PIB). Entretanto, Grécia, Espanha, Itália, Portugal e quase a maioria dos países não respeitaram esse limite e a Europa está…

A QUEDA ANUNCIADA DO DOLAR

Quando em minhas publicações, todas disponíveis neste site, demonstrei com relatórios oficiais e dados da economia americana que o dólar não tinha sustentabilidade e iria cair, ao redor de 30%, pouca gente acreditou. Disseram que os americanos sempre deram a volta por cima e que o dólar era o paraíso da segurança. Quem acreditou se deu bem e defendeu seu patrimônio, os demais perderam dinheiro de forma irrecuperável. A tendência está longe de terminar. No próximo dia 4 de setembro haverá um novo encontro do G-20 em Hangzhou, na China, onde provavelmente comparecerá Michel Temer na qualidade de presidente efetivo em sua primeira viagem oficial internacional. O presidente Xi Jinping será o presidente do evento e anunciará sua condição de ser um igual parceiro com os EUA na administração do Sistema Financeiro Internacional. A partir dessa data, o yuan, o ouro e SDR serão as alternativas ao King Dollar, cuja importância como moeda reserva irá fenecendo a partir de então.…

Letter 05–Guerra das moedas está em Curso

Dagoberto Aranha Pacheco A China está planejando há muito tempo destronar o Rei Dollar. Vem pressionando o FMI – Fundo Monetário Internacional para incluir o Yuan na categoria de moeda reserva. Os EUA vinham fazendo ‘lobby’ para que isso não acontecesse, mas será muito difícil para o Fundo negar novamente. Se foi concedido ao Japão, à Austrália, Canadá, Inglaterra e Suíça fazerem parte do SDR basket (Special Drawing Rights) como negar essa categoria a um país que em uma única geração tornou-se o primeiro em comercio internacional e a segunda economia do planeta, após abandonar o comunismo e aderir ao capitalismo? Para garantir o sucesso dessa operação e vencer as oposições que são numerosas e poderosas, a China trabalha na surdina e com planejamento bem elaborado. Presumo que adotou os seguintes passos: 1 – Fundou o Asian Development Bank para financiar infraestrutura (portos, rodovias, pontes, aeroportos, silos, etc.) não apenas no país, mas especialmente no exterior, como já vem promovendo…