Análise Técnica do Índice Dow Jones Industrial

Guarujá 21/12/2018 – Dagoberto Aranha Pacheco

Em novembro de 2017 alertei, numa destas análises aqui publicadas, que o Dow Jones estava prestes a terminar sua trajetória de alta da tendência ‘bull’ que já durava 9 anos. Efetivamente, finalizou seu ciclo de alta na cota 26.608,90 em 02/fevereiro/2018.

A partir de então, as caraterísticas gráficas se alteraram completamente, apresentando muita volatilidade, quedas abruptas seguidas de recuperação e, na visão geral, um deslocamento lateral com a formação de um tríplice, A – B – C. Esse tríplice, ainda em formação, poderá durar dois anos ou pouco mais.

Hoje o índice despencou para 22.639 pontos, com a característica de crash e atingiu a mesma cota de outubro/2017. Haverá, naturalmente uma correção técnica, com alta, mas será breve e seguida de quedas mais acentuadas até a primeira linha de suporte, cota 21.480, calculada em abril de 2018.

Interessante notar que os analistas nacionais e também analistas internacionais desacreditaram que o índice estivesse numa tendência ‘bear’, baixa de longo prazo. Recomendavam não ficar com dinheiro em caixa e aproveitar a onda ‘bull’ que iria continuar devido ao crescimento da economia americana.

Hoje, entretanto, os mesmos analistas vieram a público para alertá-los de que realmente entramos em tendência ‘bear’! Depois de um derretimento de 16% em relação ao pico máximo é hora de vender? Quem me acompanhou e se posicionou do lado certo está protegido, ganhou na baixa e está preparado para o reingresso no momento apropriado.

Índice Nasdaq (ações de tecnologia) despencou 21,25% em relação ao pico atingido em 02/10/2018, em menos de três meses.

Índice Russell 2000 (small caps) está 25% abaixo de seu pico atingido em agosto.

Índice S&P 500 caiu 17,21% em relação ao pico atingido em setembro/2018.

Bovespa está na onda 5 de (3) com característica de alta firme e completará a onda (3) bem próximo de 100.000 pontos. Apresentará uma correção técnica num tríplice e seguirá além do pico anterior previsto. Quando a onda (3) completar farei uma atualização da análise com cálculos mais precisos. Fique ligado!

Bom Ano Novo e ótimos investimentos, com orientação e sem emoção. Até lá!

Deixe você também seu comentário: