dez 012012
 

Em minhas analises do I. Bovespa de 06/Ago, reiterada na de 25/Out/2012 fiz a previsão de que o Índice iria perder pontos e possivelmente cairia para o suporte 55.883 podendo alcançar, em última instancia, o suporte de 49.432 pontos e até chegar à cota de A (47.793). Veja as analises na página BOVESPA. Como o índice tem oscilado desde então entre a resistência (60.882) e o suporte (55.883), não tenho feito atualizações porque nada aconteceu que demande explicações novas.

O índice caiu como previsto e parece que agora corretoras, bancos e grafistas têm concordado comigo.  As configurações apontam para o índice nas cotas mínimas citadas acima, a serem atingidas ao redor de janeiro/fevereiro/2013.

Aqui cabe uma advertência: não é o fim do mundo nem do mercado de ações. Pelo contrario, constitui uma rara oportunidade para se fazer muito dinheiro. Eis a razão:

Falarei dos EUA onde há grande disponibilidade de dados das corporações, estatísticas de governo e indicadores quase sempre confiáveis. O Índice Dow Jones tem uma correlação forte com as bolsas mundiais. Lá está o problema que afeta a todos nós: o Abismo Fiscal, que já comentei nesta página e que continua sem solução à vista. A economia está fraca, desemprego em alta e gastos do governo fora de controle. Após a 2º vitória de Obama, tudo continua na mesma, o mesmo governo, a Câmara dominada pelos republicanos e o senado pelos democratas e ambos não se entendem. Mas há um entendimento num ponto de suma importância, o que nem sempre se verifica por aqui: nem democratas, nem republicanos querem afundar o setor privado. Lá a iniciativa privada é forte e respeitada. E o que observamos: as corporações americanas tem apresentado bons balanços, pouca dívida e cerca de 2 trilhões em caixa. Lucros estão em alta e Dow Jones dobrou de valor durante o governo Obama.  Todos os dias as empresas privadas nos surpreendem com inovação e novos produtos melhores, mais duráveis e mais econômicos. Muitos americanos ricos conseguiram suas fortunas não por herança ou especulação imobiliária, mas iniciando e administrando negócios rentáveis.

É certo que a maioria de nós não tem o capital necessário, o tempo disponível e o talento adequado para tocar seu próprio negocio, mas  podem ser uma peça essencial na quinta essência do capitalismo: o mercado de ações.  Mesmo com modesta quantia um individuo pode fincar uma estaca em muitos grandes negócios, no mundo. Basta uma plataforma Home-Broker e um clique do mouse e você está dentro, outro clique e está fora. (Compare a simplicidade deste processo com a burocracia envolvida na compra e venda de imóveis).

A chave de sucesso, em qualquer situação de mercado ou de governo é identificar aqueles negócios que estão dando certo: vendas crescendo, ampliando participação de mercado, compondo ganhos crescentes, reduzindo débitos, apresentando altas taxas de retorno, gerando caixa e recomprando ações. Há várias empresas no mercado nacional com essas características.

Entrar nessas empresas num momento de baixa geral de mercado, como a que está ocorrendo agora e no momento adequado, é ganho certo para garantir sua futura aposentadoria e o bem estar e segurança de sua família.

Bons investimentos.

 

Deixe um comentário seu:

%d blogueiros gostam disto: