A QUEM INTERESSA FALSAS NOTÍCIAS?

1 – O governo vem apregoando que a cidade do Rio será a mais segura do mundo, durante as Olimpíadas. Se tem certeza e poder para realizar essa proeza por que não consegue mantê-la sob um mínimo de segurança, rotineiramente? Veja este exemplo: o Estadão publicou hoje uma notícia preocupante, sobre a qual já venho anunciando, há bastante tempo, com várias menções em meus artigos. Trata-se da influência e recrutamento do Estado Islâmico no Brasil. Basta verificar pelas redes sociais as repercussões favoráveis aos ataques em vários países, manifestados por jovens iletrados e de cabeça lavada.

Dona Dilma, num fórum no exterior, declarou que o Brasil está livre da ação dos terroristas por ser um país muito longe do EI.

Ansar al-Khilafah Brazil ou o Exército do Califado-Brasil, está se organizando e foi detectado pelos serviços de segurança. Sacou qual? Pela organização americana Site Intelligence que monitora as atividades de grupos extremistas em todo o mundo, pela internet. O grupo extremista declarou lealdade ao líder do EI, Abu Bakr al-Baghdadi em cartaz em árabe sobre uma imagem da bandeira do Brasil, a mesma imagem que o prefeito Haddad quer abolir do edifício da Fiesp porque polui o visual da Paulista.

O governo Temer anunciou que está checando a informação, ou seja, declarou que não sabia, mas anunciou que atletas e turistas podem estar tranquilos e comparecerem aos jogos com suas famílias porque haverá reforço de segurança. Bom, né?

Minha previsão: volta de Dilma está na probabilidade de 50%.

2 – Tenho escrito muito sobre a China e especialmente sobre as mentiras que divulgam sobre ela. Veja este exemplo: Estadão publicou nota com o seguinte título: “Desvalorização do Yuan provoca preocupação”. Para o leitor comum que apenas se informa pelos títulos e manchetes, fica a impressão “ É a China não tem mais jeito, está quebrada, com bancos endividados, com fuga de capitais e o diabo”. Se se der ao trabalho de ler a mensagem toda vai verificar o ridículo da notícia, que reproduzo aqui:

“O yuan se enfraqueceu além da importante marca psicológica de 6,7 yuans por dólar ontem, pela primeira vez desde novembro de 2010. (Há seis anos, portanto). A moeda chinesa chegou a ser negociada a 6,7003 por dólar.”

(Saiu 0,0003 da marca psicológica e tornou-se uma miserável demente capaz de criar um crash nas bolsas internacionais). Quem é que está precisando de um bom psicanalista?

3 – Porque a mídia não divulga que o maior e mais importante banco da Alemanha está para quebrar e que isso sim vai provocar, a qualquer momento, um tsunami no mercado financeiro com efeito dominó? Tenha interesse e saiba mais no meu relatório: MERCADOS – DE OLHO NO FUTURO, aqui.

4 – Bovespa está se aproximando da barra de resistência superior do túnel na qual está presa. A probabilidade de uma realização de lucros está próxima dos 80%. Fique ligado!

Obs: textos em itálico são comentários meus.

******

Deixe você também seu comentário: